terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

# Textos curtos # Textos espirituais

Compartilhando a Palavra: Hebreus

    Olá, leitores!

    O autor da carta aos Hebreus é desconhecido, porém, alguns nomes foram propostos como, por exemplo, Barnabé, Apolo ou Priscila e Áquila. Foi escrita por volta de 70 d.C. O público alvo da mesma eram os judeus crentes que, devido a perseguição, estavam considerando a possibilidade de voltarem ao judaísmo.

    “... pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.” - Hebreus 4:15

    Esse verso que lemos é tremendo, sem dúvida, pois vemos que o nosso Senhor, além de ter vindo ao mundo e vivenciado uma morte de vergonha e dor, passou por todas as tentações, como está escrito. Todavia, Jesus não pecou. Ele conhece e se compadece de nossas fraquezas, das coisas que mexem com nosso emocionalismo e espiritualidade. Eu não sei como o Senhor encara-me ao despertar de algo que causa fraquezas em mim, mas sei que Ele é misericordioso e compassivo,  paciente e transbordante de amor (Salmos 145:8).

    “... mas, visto que vive para sempre, Jesus tem um sacerdócio permanente. Portanto, ele é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dele, aproximam-se de Deus, pois vive para sempre para interceder por eles.” - Hebreus 7:24-25

    Comentei anteriormente, em outro artigo, o fato de Jesus ser o único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2:5) e que devemos reconhecê-lo como nosso único e suficiente Salvador. Portanto, nesse segundo texto, vemos o autor da carta afirmar que o Mestre tem um sacerdócio totalmente diferente dos demais desde a época de Moisés. Bom, também foi repassado a nós que somente o sumo sacerdote entrava no Lugar Santíssimo, e apenas uma vez por ano. Claro, deixando explícito que ele precisava levar o sangue do sacrifício pelos pecados dele e do povo (Hebreus 9:7). Jesus não. O Pai enviou o Filho para realizar o sacrifício perfeito, e que não necessita ser feito novamente, pois Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez para tirar os pecados de muitos e voltará segunda vez para trazer salvação aos que o aguardam (Hebreus 9:27-28).

    A carta aos Hebreus mostrou-me novamente a importância do cumprimento às palavras de Cristo pois Ele deixou claro que aqueles que obedecem Seus mandamentos são os que O amam (João 14:21). Um dos exemplos que dou a respeito disso na parte bíblica da qual estou me referindo está no capítulo 5, verso 9: “... e, uma vez aperfeiçoado, tornou-se a fonte da salvação eterna para todos os que lhe obedecem”. - Acima, comentei sobre o sacerdócio e sacrifício único e perfeito de Jesus, no entanto, não falei sobre as qualidades Dele explícitas em Hebreus. O autor relata que precisávamos de um sumo sacerdote que fosse santo, inculpável, puro, separado dos pecadores e exaltado acima dos céus (Hebreus 7:26). Jesus é esse sumo sacerdote. - Ele é incomparável mesmo!

    Para encerrar o texto de hoje, compartilho ainda: Hebreus 9:13-14.
    “Ora, se o sangue de bodes e touros e as cinzas de uma novilha espalhadas sobre os que estão cerimonialmente impuros os santificam, de forma que se tornam exteriormente puros, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará a nossa consciência de atos que levam à morte, para que sirvamos ao Deus vivo.”

    O Sangue de Jesus tem poder. - Não sei qual tem sido a sua posição diante do sacrifício Dele, porém, quero dizer-lhe que o Senhor se compadece de suas fraquezas, conhece os pensamentos que te rodeiam e pode purificar-te fazendo com que tenhas uma mente limpa e livre da maldade. Abra o coração para viver e obedecer as palavras de Cristo e creia que Ele é o Filho de Deus e veio a esse mundo por te amar demais e te querer para sempre no Reino dos Céus.

    Ainda faltam quatro capítulos para que eu conclua essa releitura da carta aos Hebreus e, provavelmente, compartilharei outros pensamentos a respeito da mesma aqui no blog. Agradeço a sua visita e apoio para com esse projeto.

    Graça e paz.
    Jesus te ama!